Confissão de um garoto

14 out

Pensei que todas estariam a minha disposição a hora que eu quisesse pois, é claro, eu sou demais. Aliás, sempre fui! Nunca nenhuma garota me disse não, meus pais sempre me dão tudo o que quero, e é óbvio que nada (isso mesmo, nada) pode dar errado na minha vida. Bom, na verdade eu achava isso até semana passada. Como sete míseros dias mudam a vida de uma pessoa tão rapidamente! Já chorei litros de lágrimas inconsoláveis, já me tranquei no quarto durante horas e bebia. Dormia, acordada, chorava, bebia. Achei que estava enlouquecendo, mas não chegou a tanto. Hoje posso ver que é algo normal pra um garoto como eu que bateu a cara na parede. E como doeu. Aprendi que nada é perfeito, como eu costumava achar. Eu não era perfeito. Ou melhor, eu não era perfeito para ela.

A Lya me disse um não bem grande. E o que me subiu foi raiva e ódio de não ter conseguido o que eu queria: ela. Mas deixei pra lá, e no outro dia eu me resolvia. Mas não consegui dormir. Aqueles olhos cor de mel não saíam da minha mente, dos meus sonhos e dos meus pensamentos. E não desisti dela. No outro dia corri para falar que eu estava pela primeira vez na minha vida perdidamente apaixonado. Lya abaixou os olhos e saiu sem dizer nada. No outro dia, recebi em minha casa uma carta dela. Fiquei muito feliz, porém, depois percebi que o  motivo da minha tristeza e solidão estão nessa carta, assim como os de gratidão e admiração por Lya, estavam lindamente escritos nela:

“Querido Leo,

doeu no fundo da minha alma te dizer não, porque eu te amo. Para mim você sempre foi especial, sempre me encantou com a sua graça, seu bom humor e a sua boa vontade. Mas me desculpe, com toda a beleza da sinceridade, eu não sou qualquer uma que você tem a hora que quiser. Não que eu seja melhor que todos, ou algo do tipo, mas por favor, se você me ama como diz que ama, me entenda. Certamente você não se lembra das vezes que me ignorou ou me deixou sozinha nas horas em que eu mais precisava. Não guardo rancor, muito pelo contrário… Se você me dissesse tudo o que você me disse hoje há algumas semanas atrás, certamente eu me jogaria nos seus braços. Mas agora já é tarde… Conheci o Victor há um certo tempo e vim me interessando por ele aos poucos e resolvi dar a chance para quem gosta de mim. E confesso que não me arrependo. A cada dia que passa estamos mais felizes. Não quero que você fique triste e acredito que não irá ficar, pois você é o garoto mais feliz, sorridente e realizado que eu conheço e que já tem tudo o que precisa para ser feliz. E é isso que me consola: saber que você vai ficar bem. Quero que saiba que eu te desejo toda a felicidade do mundo, apesar de já ter dito que você já a tem. Mesmo assim, te dou um conselho: olhe para as pessoas que estão ao seu redor. Você acha que olha, mas não as percebe.

Lya.”

Depois de ler essa carta, passei a achar Lya a garota mais incrível do mundo. Pena que a perdi por não enxergar as pessoas que estão ao meu redor. Tarde demais.


Anúncios

5 Respostas to “Confissão de um garoto”

  1. Giovanna 14 de outubro de 2010 às 12:15 PM #

    Oie! Putz… nem respirei!
    Muito bom o texto, chata! hehehe GOSTEI!

    Adoro ler seus textos. Quero ver muitos outros, Ok? Ah! E, prometo postar no meu blog…
    Beijooos Nana :*

  2. Mariana Figueirêdo 15 de outubro de 2010 às 1:46 AM #

    há muitos outros comentários atrás você diz que vai escrever no seu blog! Até hoje eu espero sentada! UHASHAUSHUAHU

  3. paulo leite 15 de janeiro de 2012 às 3:17 PM #

    Mari, que surpresa boa receber sua notificação agora!!!

    Belos textos!! Escrever é um exercício e, acima de tudo, um prazer!!! Socializar o que se escreve, um gesto de sabedoria ímpar!!!
    Parabéns!!!
    Um grande beijo do professor que a admira!!!

    • Mariana Figueirêdo 15 de janeiro de 2012 às 8:07 PM #

      Obrigada, professor! Fico muito feliz que tenha gostado dos textos! Estarei acompanhando o seu blog também. Beijos!

      • paulo leite 16 de janeiro de 2012 às 4:11 PM #

        Sim, Mari, você escreve de forma leve e contundente. Belíssima combinação!!!

        Fico feliz que você visite o OSPYCIU!!! Seja muito bem vinda!!

        Vou add seu link ao meu blog.

        Beijooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: