Tag Archives: livros

Comer Rezar Amar

25 nov

blogcomerrezaramar

Esse livro é simplesmente apaixonante! Antes de tudo me encantou pelo fato de não ser uma ficção e sim uma história real, vivida e contada lindamente pela própria escritora, a Elizabeth Gilbert. O livro traz muitas reflexões e inspira muita determinação, coragem e superação, em seus mais diversos aspectos. Depois do seu triste divórcio, Liz decide embarcar numa viagem de um ano em busca de Deus e de seu próprio Eu. Comer Rezar Amar nada mais é que relatos dessa viagem que ilustra momentos de plenitude, paz, luz e intensidade.

Uma das primeiras coisas a se  refletir neste livro é sobre mudança. Muitos de nós estamos acomodados com as nossas respectivas situações no momento e temos um desejo enorme de mudança, mas não temos coragem de sair da zona de conforto. Seja por medo de mudar e se arrepender, de arriscar alguma coisa, medo de possíveis perdas. De fato é difícil encarar um desejo como esse, muitos até nem identificam esse desejo em suas vidas conturbadas. E é admirável a forma como Elizabeth tem a coragem de mudar a sua vida de cabeça para baixo, encarar os seus desejos e, mais importante ainda, assumi-los. E então, começa a sua viagem passando 4 meses em Roma, para aprender italiano e se deliciar com a culinária impecável que só a Itália oferece.

Logo depois, Liz passa um tempo na Índia, no ashram da sua guru, que conheceu durante um de seus retiros em Nova York. No ashram, ela meditou e encontrou Deus através do autoconhecimento. Lá, viveu momentos muito intensos e descreveu cada um deles de uma maneira muito bonita e comovente. E neste local, uma Liz ainda atordoada com os últimos acontecimentos de sua vida de assuntos mal resolvidos conseguiu fazer uma limpeza interior. E disse que “isso não é apenas possível, é essencial”. Mais uma reflexão se faz presente nesse livro: Deus está em nós.

Ainda na Índia, Elizabeth fala muito acerca de contentamentoequilíbrio. Uma coisa interessante sobre o livro é a forma em que foi organizado. Os capítulos, os três lugares (Itália, Índia e Indonésia), as 108 contas do japa mala (108 é multiplo de 3)… Tudo forma uma tríade. E todo mundo sabe (ou deveria saber) que o número três é o símbolo do equilíbrio supremo. Portanto, seu livro possui 108 capítulos, é dividido em 3 partes, com 36 capítulos cada. Perfeito!

E então, seu próximo destino é Bali, na Indonésia, onde dois anos antes conheceu um xamã que leu sua mão e disse que ela voltaria a Bali algum dia, o ajudaria no inglês e ele a ensinaria tudo o que sabe. E assim foi feito. De volta a Bali, Liz conhece pessoas inesquecíveis que mudam a sua vida completamente de uma forma totalmente positiva. Além de viver momentos verdadeiros e intensos com o seu novo amor (e ele é brasileiro!!). Uma das coisas mais interessantes sobre os seus relatos em Bali, foi a definição do xamã Ketut Liyer para céuinferno. Para ele, ambos são o mesmo lugar. O que muda é a forma como chegamos lá, ou seja, o céu e inferno na verdade se diferem na caminhada.

Com certeza esse é um dos melhores livros que já li. Estou ansiosa para ler a sua continuação, que é o livro “Comprometida”. Breve terá resenha por aqui! Livro maravilhoso, escritora impecável e conteúdo envolvente. Indico sem pensar duas vezes! Boa leitura!

Tem filme!!

Assisti ao filme e gostei muito, embora (lóóógico) não se compara à riqueza do livro. Mas vale muito a pena assistir! A atriz que faz Liz é ninguém mais ninguém menos que Julia Roberts! Vejam o trailer abaixo:

resenhaa

Anúncios

Assassinato No Expresso do Oriente + SORTEIO!!

6 jun

Esse post NÃO tem spoilers! (Ufa!)

IMG_1893

Quem me conhece ou acompanha o meu blog já sabe que a-do-ro Agatha Christie, né? Então, meu vício pelos livros de Agatha Christie começaram depois que eu li Assassinato no Expresso do Oriente. Publicado em 1974, é um livro fininho, a leitura é empolgante e quando você menos espera, acaba com um desfecho surpreendente!

O livro se passa em dezembro de 1935, numa viagem do Expresso do Oriente, onde o famoso detetive criado por Agatha Christie, Hercule Poirot, embarca por acaso num caso de assassinato que ocorrerá no trem. Na manhã seguinte ao embarque, um dos passageiros é encontrado morto em sua cabine com 12 facadas. O luxuoso trem teve que parar devido à tempestade intensa que enfrentava e, consequentemente atrasar a viagem. E o assassino estava entre os passageiros.

E adivinha quem vai coletar provas e investigar tudo? Monsieur Hercule Poirot! Durante a leitura, o leitor consegue pensar junto com o narrador a respeito do assassino. Quem poderia ser? Quem teria motivos para matar a vítima? Ao longo da leitura podemos mudar de opinião a medida que os fatos nos vão sendo apresentados. Chegaremos a uma conclusão, mas Agatha Christie nos surpreende no final!

A leitura é bastante envolvente, detalhada e boa de acompanhar. Acredito que o segredo dos livros da Agatha seja o clima de suspense que ela deixa a cada ponto. Super indicado para todos os gostos! Além disso, em 1974 Assassinato no Expresso do Oriente deu origem a um filme, de mesmo nome. É um filme britânico realizado por Sidney Lumet. Veja abaixo um resuminho e algumas cenas do filme:

Para saber mais sobre Agatha Christie, veja esse post que escrevi!

Esse livro foi o abre-alas para o meu vício por livros policiais e quem sabe não pode ser o seu também?

Para comemorar os 3 anos de blog, estou sorteando um exemplar do livro Assassinato no Expresso do Oriente, da Saraiva de Bolso! Para saber como participar do sorteio, CLIQUE AQUI!

Nova Categoria: Resenhas de Livros

29 jan

103625794   Oi, gente! Faz um tempinho que venho pensando em criar essa nova categoria e ao invés de criar logo de cara, queria falar o que estou pretendendo com ela. Então, amo ler livros e sempre gosto de compartilhar o que achei dele e também ler o que as pessoas têm a dizer sobre . Enfim, troca de opiniões. Quem sabe, convencer alguém a ler um livro através da minha resenha! Compartilhar é o meu principal foco nessa nova categoria!

Além de escrever o que achei do livro, vou tentar procurar os destaques que ele tem na mídia, filmes (se houver) e falar um pouco do escritor(a), que eu acho que é um ponto super importante quando vamos analisar um livro.

Bom, espero que a nova categoria abra um leque de possibilidades de mudanças e novidades aqui no blog! O que não faltam são ideias para por em prática. Mas vamos com calma, pois o ano só está começando! hehe

Aproveitem, comentem e sugiram!

Beijos!